sexta-feira, 18 de maio de 2012

Um pouco mais sobre mim

Bom como na escola eu sofria muito de Bullying, as pessoas me zoavam muito por causa da minha aparência, por eu ser baixinha, magra e eu não me preocupava muito com minha aparência, eu era bem relaxada com assuntos de moda...
Mas comecei a ver que era algo necessário, que a nossa imagem pessoal influenciava muito no nosso cotidiano!!!
E eu também andava com baixo auto-estima...
Então passei a me interessar por moda, e eu amava desenhar, passei a desenhar minhas próprias roupas, pois como eu sou de estatura baixa, é complicado achar roupas para mim, e se eu gosto de algo as vezes acaba não servindo para a minha decepção!!!
Folheava revistas de moda, etc... etc...
Meio que fui auto-didata.
Como meu pai é massoterapeuta formado em Curitiba-PR e Naturopata, incentiva cuidar da aparência pela saúde, cuido muito da minha pele, amo maquiagem desde pequena...
Era loucamente apaixonada por Barbies!!! (para ser sincera me considerava uma Barbie em carne e osso)
Meu cabelo eu nunca liguei muito, tive piolho e por isto sofri muito...
Fisicamente e Psicologicamente, por conta disto perdi peso, eu era gordinha quando mais nova, tive anemia, faltava muito na escola com vergonha e dor de cabeça, por agonias e feridinhas que dava na cabeça...
Tentei de tudo...
Mas o que resolveu mesmo foi um segredinho que eu inventei.
A principio...
Como de Madrugada me dava muita agonia eu não conseguia dormir, vivia coçando... era bem capaz de eu acabar morrendo...
Geralmente ficava na nuca e no pé da orelha...
Pedi para minha mãe cortar tipo joãozinho bem curto... (De madrugada e chorando muito, chegava ficar sem ar)!
Dai fiz uma polenta, sem sal... só com água, fuba de milho e óleo de soja, depois que tirei do fogo esperei amornar coloquei óleo de amêndoas e creme de pentear da Seda, passei no cabelo, emplastei realmente, cabelo e couro cabeludo e amarrei com uma toalha, deixei por uma hora mais ou menos...
Depois passei pente fino e enxaguei o cabelo, e realmente acabou tudo... no mesmo dia, e retirando as lendeas vivas com a ponta dos dedos... só ficou as mortas, secas grudada no cabelo, confesso que tinha vergonha, parecia bolinhas de arvore de natal!!!
Mas conforme foi crescendo eu fui cortando o cabelo e foi sumindo tudo...
Dai por diante peguei trauma e vivia de cabelo amarrado e quando via alguém que coçasse a cabeça eu me distanciava...
Dai por causa disto meu cabelo mudou de cor, eu era loira e ele ficou escuro, então optei por descolorir "decapagem com pó descolorante".
Eu fiquei pálida... não ficou muito legal, normalmente meninas, mulheres ficam pálidas com cabelo escuro, mas como era muito claro... ficava estranho, sem contar que ressecou de mais... e gastava muito dinheiro pra manter o cabelo daquela cor, que tinha de fazer retoques toda semana...
Fiz mechas pink, e acabei enjoando com o passar do tempo e pintei de ruivo, quando fui para são paulo minha prima fez escova marroquina no meu cabelo...
E era tanta química, que eu detonei meu cabelo...
Dai eu passei a me valorizar mais, ver que a Beleza Natural era bem melhor, e que meu tipo de cabelo era o que combinava comigo, com meu tipo de rosto, sem contar que cabelo escuro destacava mais meus olhos e o ondulado do cabelo, natural fica muito mais feminino e menos artificial, o cabelo liso deixa meu rosto muito estranho!!!
eu cortei curto pra ir retirando, pontas duplas, ressecado, queimado, meu cabelo tava quebrando, os fios abria na metade...
eu tava doida pra ele voltar ao normal, e conforme crescia eu ia cortando pra voltar a cor natural...
até que voltou, mas meu cabelo ta complicado pra voltar no tamanho que era...
Ele era comprido, com brilho, macio ele era lindo... quando eu era pequena...
agora eu ando dedicando muito na área da beleza, cabelo, maquiagem, pele, alimentação, saúde...
preciso começar a fazer academia porque eu sou muito sedentária, quero voltar a fazer dança...
Quero ganhar massa muscular, ficar mais gordinha como antes...
Por conta disto criei meu blog, para ver se eu voltava a me amar...
ter mais confiança, segurança, auto-estima...
Meu auto-estima melhorou muito de la pra cá, comecei a ter mais amor pela leitura, pela escrita e por conta disto quero virar escritora, com livros de auto-ajuda motivação pessoal, para que as pessoas não tenham auto-estima baixo e depressão como eu tive...
Quero abrir a OÑG de combate ao Bullying, não quero ver mais crianças sofrendo como eu sofri, não quero que passam pelo que eu sofri, não desejo nada de ruim para os outros...
Quero lançar uma coleção de roupas minhas...
Que como muitos já sabem eu comecei a trabalhar precoce, pra poder ajudar nas despesas de casa...
E poder adquirir o que eu queria sem depender dos meus pais, queria sair do bolço dos meus pais cedo, ser independente, eu fazia truffas pra vender pra comprar o que eu queria...
O legal do blog é que muitas pessoas que praticavam bullying contra mim, descobriram como eu realmente era...
E passaram a me admirar...
Porque nunca deixavam alias eu tinha receio de expressar minha opinião pois eu tenho a cabeça diferente dos demais da minha idade...
Meu pai diz que eu sou intelectual acima da média pra minha idade e creio que seja verdade...
eu amadureci muito por causa do sofrimento... a vida me exigiu muito disto...
Passei muita dificuldade, passei não... continuo passando...
Porque como eu sofri muito aqui na cidade, como muitos sabem e vem me acompanhando no BLOG desde o inicio, sabe... que eu me esforço muito pra adquirir e concretizar minhas metas...
Tem muitas barreiras...
as pessoas não gostam de ouvir a verdade, e eu sou muito sincera...
Eu não gosto de morar aqui porque as pessoas não dão oportunidade da gente se expressar da forma que a gente é, e as vezes nos agridem por conta disto!!!
Eu quero muito estudar gastronomia, dar continuidade no blog, começar a fazer tutoriais de maquiagem no youtube, mostrar o que eu gosto...
Mas confesso que tenho um pouco de vergonha...
Bom gente é isto... espero que me entendam... que não venha comentários ofensivos...
Beijinhos e até mais *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário