quinta-feira, 14 de maio de 2015

Ando sonhando de mais e cada sonhos misteriosos!

Esse sonho, sonhei em uma tarde que tirei para tirar um cochilo.
O sonho foi exatamente assim, que é o que eu lembro.
Uma mão sobre um papel com uma caneta na mão escrevendo esses números.
Não sei o que isso significa e até me trouxe muita curiosidade!
A começar pelo número zero, depois pelo número 1, 2 e depois o 3.
Quando terminou o ultimo número 3 eu acordei.

Se alguém intende de sonhos, que por favor decifre-o!
Grata desde já.








Antecedendo este, sonhei que estava morando em outra cidade, em uma casa no qual eu andei observando na internet, no qual minha família pretendia se mudar.
Estávamos todos reunidos em um domingo, neste dia recebemos a visita da família de alguém que estimo muito, mas não conheço pessoalmente, que chamamos para passar o dia e almoçar em casa.
Servimos lentilhas e pudim de pão.

Lentilha: Receber um presente de grande valor sentimental.

Pudim: Ver ou comer pudim em seu sonho representa sua vocação para apreciar as pequenas e boas coisas da vida.
 Também indica que sua vida está cheia de pequenos detalhes que devem ser apreciados e mantidos.
A receita de bons momentos na vida pode estar nos pequenos detalhes.

Pão: Se for dormido: haverá alguma notícia alegre dentro em breve, tanto de longe quanto de perto.

Família: Sonhando com ou vendo no sonho de sua própria família, representa segurança, carinho e amor. Considere, também, o significado de um determinado membro da família ou o relacionamento que você tem com eles.

Sim acredito na intuição e nos sonhos e que eles podem estar nos avisando alguma coisa.
Não é atoa que na bíblia havia um homem que decifrava sonhos no antigo Egito!
Que era o José do Egito.

E o profeta Daniel também decifrava sonhos.
Os vários sonhos do rei Nabucodonosor rei da Babilônia.

Eu gostaria muito de decifra-los, se alguém puder me ajudar, serei grata!

Daqui a pouco eu faço a postagem que havia prometido.
Beijinhos e um cheiro no cangote de vocês, bye, bye...
By: Bebeca C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário