quinta-feira, 23 de julho de 2015

Como ser uma Barbie.


Barbie lembra infância. que lembra respeito!
Um mundo encantado cheio de magias...
Eu tenho uma longa história com a Barbie!
Quando criança tudo meu era da Barbie, tudo meu era cor de rosa.
Material escolar, meus aniversários eram todos da temática da Barbie.

Lembro - me, que o primeiro filme da Barbie que assisti foi o: Barbie, a estrela do Rock.
A junção de duas coisas que amo!
Na História a Barbie foi candidata a Presidência dos Estados Unidos (não a história real, mas fictícia)!
Foi embaixadora da Paz Mundial.
Quando lembramos de Barbie, lembramos de uma perfeição feminina.

Um exemplo para as meninas!
Não apenas em beleza.
Mas intelectual e em caráter!
Uma pessoa que luta para ser honesta, boa, generosa, inteligente e tem uma vida saudável.

Todas meninas podem ser uma princesa!

Nós que representamos um personagem infantil!
Devemos zelar pela nossa imagem e passar coisas boas, dar exemplo!

Agradeço a todos que estão torcendo por mim!
Alias... Nem me inscrevi ainda, nem apareci na televisão e já estou sendo convidada para fazer eventos!
Vou poder trabalhar com algo que amo, e não imaginava que a Barbie iria ter um significado tão grande na minha vida!
Vou poder atuar (que uma coisa que amo) representar uma personagem que amo desde a infância e trabalhar com crianças!

Certa vez me perguntaram...
Qual sua meta com o blog?
Não quero ser hipócrita!
Mas é logico que é fama e dinheiro!
Quero mídia, quero ser reconhecida.
Mas para que?
Para fazer o bem!
Sempre fui uma pessoa generosa, mesmo tendo pouco eu procuro fazer o bem e eu amo a humanidade, apesar das pessoas ultimamente serem tão frias e ignorantes!
Eu quero ser uma influencia na vida de milhares de crianças!
Quero deixar um legado, quero fazer minha vida valer a pena!
Quero ajuda-las, ama-las e orienta-las.

Como posso atingi-las de uma forma que elas sintam afeição e carinho por mim?
Me caracterizando com um personagem infantil!

Mas minha maior meta é abrir uma OÑG de combate ao Bullying, esse meu projeto e plano tenho desde 2009. antes mesmo do Blog existir.
Alias deste blog!
Quando parei de estudar...
Na época não existia esse termo "Bullying", mas agressões físicas e verbais (assédio moral), sempre existiu.
Desde o principio da existência humana!
Mas qual o nosso papel na terra?
Fazer o bem, amar ao próximo!

Lembro de dois casos que me impactaram demais!
Um deles acho que cheguei a postar no Blog, um caso de uma menina de Limeira, interior de São Paulo.
Colegas da escola, por inveja, agrediram-na fisicamente e isso é horrível, só que ao invés dos educadores darem conselhos e orientar as colegas, tomaram partido da violência.
O Mesmo que aconteceu comigo quando eu estudava.
Outro caso que me deixou em estado de choque foi o da Sophia, no final do ano passado.
A garota era fã da Demi Lovato (admiro ela por ser embaixadora da educação nos Estados Unidos), a menina se suicidou pois estava cansada de ser assediada por conta de sua opção sexual!

O meu caso não foi tão grave como o delas, mas ainda existem resquícios do que se passou!
Eu tenho doenças psicossomáticas.
Vira e mexe eu tenho recaídas emocionais - Depressão.
Tenho fobia social, não consigo me relacionar direito com as pessoas, sou muito insegura e tenho gastrite nervosa.

Por que eu quero ajudar?
Porque cansei de ver crianças sofrendo!
Posso não acabar com a violência, mas creio que vou conseguir amenizar de alguma forma o sofrimento delas!

Sabe o que me impactou nesses últimos tempos que eu fiquei estagnada e não conseguia gravar vídeos?

Uma Jovem Linda, cheia de vida e planos, foi morta violentada sexualmente!
E por eu ser uma pessoa sensível e melancólica, tomei as dores, mesmo não sendo da família!
Eu acho horrível a violência e o abuso contra crianças, jovens, adolescentes e mulheres!
Quero ver mais respeito e união na sociedade!

Isso aconteceu aqui na minha cidade!
E pessoas próximas minha, conheciam a garota.
E o que eu penso?
Poderia ser comigo!
Graças a Deus que não foi!
Mas... E a família dela como está?

Muita gente ignora e faz de conta que não aconteceu nada, mas sou humana e tenho sentimentos.
Me sensibilizo muito com o que vejo!
Então! Porque não lutar por uma vida mais digna para todos?
Posso estar sonhando de mais!
Porém não sou tão egoísta quanto imaginam!
Eu penso no meu semelhante!

Apenas isso...
Obrigado a todos que continuam por aqui, apesar do que está se passando comigo!
Beijos, eu amo vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário